Não posso esperar que algo mude lá fora na vida social se eu mesmo não me puser em movimento

(R.Steiner)

Perguntas e respostas

O ensino Waldorf prepara as crianças para o mundo “real”? De que forma?

Somos certamente influenciados por aquilo que o mundo nos traz, mas o fato é que o mundo é configurado pelas pessoas e não as pessoas pelo mundo. Porém, essa configuração do mundo só é possível de uma forma saudável se as pessoas estiverem de posse de sua natureza total como seres humanos.

O ensino em nossa sociedade materialista foca no aspecto intelectual do ser humano e não valoriza as outras partes que são essenciais para o nosso bom desenvolvimento, que são: a nossa vida de sentimentos (emoções, estética e sensitividade social), nossa força de vontade (a habilidade para fazer as coisas) e nossa natureza moral (ser transparente sobre o certo e o errado). Somos incompletos sem a visão do desenvolvimento integral do Ser Humano.

Para isso, numa escola Waldorf os assuntos práticos e artísticos desempenham um papel tão importante quanto à gama total de assuntos acadêmicos tradicionais que a escola oferece. O prático e o artístico são essenciais para se conseguir o preparo para a vida no mundo “real”. O Ensino Waldorf reconhece e respeita a extensão total das potencialidades humanas. Ele trata da criança como um todo se empenhando em despertar e enaltecer todas as capacidades latentes. As crianças aprendem a ler, escrever e fazer contas; estudam história, geografia e ciências.

Além disso, todas as crianças aprendem a cantar, tocar um instrumento musical, desenhar, pintar, modelar argila, esculpir e trabalhar com madeira, falar claramente e atuar em uma peça, pensar independentemente, e trabalhar de forma harmoniosa e respeitosa com outras pessoas. O desenvolvimento destas diversas capacidades está interelacionado. Por exemplo, tanto os meninos quanto às meninas aprendem a tricotar no primeiro ano. A aquisição desta habilidade básica e prazerosa os ajuda a desenvolver uma destreza manual que, após a puberdade, será transformada em uma habilidade para pensar claramente e “tricotar” seus pensamentos em um todo coerente.

O Ensino Waldorf tem como ideal uma pessoa que seja informada sobre o mundo e sobre a história e cultura humana, que tenha muitas habilidades práticas e artísticas, que sinta uma reverência profunda e uma comunhão com o mundo natural, e que possa agir com iniciativa e em liberdade perante as pressões econômicas e políticas. Há muitos alunos de todas as idades, formados em escolas Waldorf , que personificam este ideal e que são talvez a melhor prova da eficácia do ensino. A preparação para a vida inclui o desenvolvimento de pessoas com vários atributos e que se completam através das suas relações com o mundo todo.

Fonte – Federação das Escolas Waldorf no Brasil



O que é o Ensino Waldorf?

Desenvolvido por Rudolf Steiner em 1919, o ensino Waldorf baseia-se em uma abordagem que trata das necessidades e do desenvolvimento da criança em crescimento e do adolescente na fase de amadurecimento. Os professores Waldorf empenham-se em transformar o ensino em uma arte que eduque a criança como um todo – o fazer, o sentir e o pensar. (Fonte - Federação das Escolas Waldorf do Brasil)



Colégio Brasilis © 2011
Rua 01, n. 12 – qd.33 Parque Residencial Dom Bosco
Cuiabá-MT - CEP: 78050-410
Fones: Fone (65) 3644-7531
brasilis@colegiobrasilis.org.br