Notícia

ONG defende lei para regular parques infantis

08/08/2012

ONG defende lei para regular parques infantisNinguém sabe de quem é a responsabilidade pela fiscalização dos parques.   Esta matéria chama a atenção para a fiscalização dos parques infantis. A situação é gritante em todo o país. Um exemplo triste são os parques e praças da nossa capital Cuiabá. Leia  e deixe seu comentário.   

 O Brasil não tem lei que regulamente a segurança dos parquinhos infantis, sejam públicos ou privados. Assim, não há definição sobre de quem é a responsabilidade pela fiscalização. \\\\\\\"A falta dessa legislação permite que esses ambientes possam ser feitos de qualquer forma\\\\\\\", afirma Alessandra Françóia, coordenadora nacional da ONG Criança Segura.   


 A instituição defende a aprovação do projeto do deputado federal Weliton Prado (PT-MG), que transformam em lei as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para parques infantis. Elaboradas em 1999, as normas da ABNT acabam de ser aprimoradas e o novo conjunto de regras foi lançado em 30 de julho. Segundo Françóia, elas não servirão só para fixar a configuração do ambiente do parque, mas tornarão obrigatória a fiscalização dos locais. Uma menina de quatro anos morreu na segunda-feira (23 de julho) após ser atingida por um balanço, em um hotel de Águas de São Pedro, no estado de São Paulo. Perícia feita no brinquedo concluiu que o material estava deteriorado e que houve falha de manutenção. (Fonte - Alinaça pela Infância)

Compartilhe esta notícia:

Colégio Brasilis © 2011
Rua 01, n. 12 – qd.33 Parque Residencial Dom Bosco
Cuiabá-MT - CEP: 78050-410
Fones: Fone (65) 3644-7531
brasilis@colegiobrasilis.org.br